O uso de tocas pela Lontra Neotropical na Lagoa do Peri

Este trabalho teve como objetivo analisar o uso de tocas por Lontra longicaudis na Lagoa do Peri, por análise de microssatélites. A extração de DNA é realizada conforme a metodologia de sílica-guanidina. O teste do qui-quadrado (χ2) é aplicado para verificar as diferenças amostrais. A similaridade de genótipos nos abrigos é calculada utilizando o Índice de Similaridade de Morisita e o Coeficiente Comunitário de Jaccard. Dois abrigos exibiram grandes semelhanças. Esses resultados preliminares sugerem que o tamanho da população de lontras é de pelo menos seis indivíduos, e diferentes lontras podem usar os mesmos abrigos. O trabalho foi publicado no International Journal of Current Research (IJCR): Citation: Oldemar de Oliveira Carvalho, Procássia Maria L. Barbosa and Alesandra Bez Birolo. “The use of shelters of Lontra longicaudis (Olfers, 1818) (Carnivora:Mustelidae) in the Lagoa do Peri, Santa Catarina, Brazil”, 2022. International Journal of Current Research, 14, (01), 20484-20485. DOI: https://doi.org/10.24941/ijcr.43101.01.2022

publicado DNA lontra
.pdf
Download PDF • 310KB

11 visualizações0 comentário